quinta-feira, 28 de julho de 2011

Você está tipo prostituindo sua Arte

De: Paula Raffero
Enviada em: quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 20:43
Para: Luis Di Vasca
Assunto:  Festinha
Oi Luiz! parabéns, felicidades e muitos anos de vida!!! vi seu aniversario se aproximando no orkut e te mandei parabens mas vc não tá respondendo, não tá mexendo mais? bem, eu peguei seu e-mail com o Junior, espero que não se importe... nossa há quanto tempo.. acho que desde a faculdade a gente não se fala mais...deixa eu falar, vamos aproveitar que estamos nesse clima de festividades e vou te convidar pra uma festinha no meu novo apê... meu pai fiiiiinaaaaalmeeeente concordou em alugar esse ape novo pra mim aqui na paulista e vou dar uma festinha de inauguração vc vem né? aí a gente aproveita e comemora seu aniversário numa tacada só, aí eu aproveito e te mostro uns projetos de instalações que tenho... mas e aí, como estão as coisas, tá namorando? solteriou de vez? como andam as artes?.. saudades, querido.
Paula

De: Luis Di Vasca
Enviada em: quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 22:20
Para: Paula Raffero
Assunto:  RE: Festinha
Oi Paula, tudo bem?
Nossa! Muito tempo mesmo. Primeiro agradeço os parabéns, se bem que não sei até que ponto, a partir de uma época da vida, devemos festejar o fato de estarmos mais próximos da morte. Agora que você me lembrou eu vou deletar o tal do orkut, não mexo faz muito tempo e de alguma forma me sinto estar em um lugar que não mais me pertence, sabe... Eu já nem consigo entender o que estão escrevendo por lá. Bem, quanto à festinha podemos ir sim, e não estou só namorando, eu estou casado desde o ano passado. Você vai conhecer a Ana, é uma pessoa sensacional (suspeito pra falar). Quanto às Artes estou trabalhando como ilustrador e designer em uma agência, além dos benditos freelas que pego ao longo do caminho.
Atenciosamente,
Di Vasca

De: Paula Raffero
Enviada em: quinta-feira, 10 de dezembro de 2009 23:19
Para: Luis Di Vasca
Assunto:  RE: RE: Festinha
Ai eu não acredito que você tá fazendo isso com o seu talento! eu imaginei que aquelas ilustrações durante a faculdade fossem só uma fase, mas pelo visto não aprendeu muita coisa até o término né. Você está literalmente prostituindo o seu talento!!! não se pode submeter algo como a Arte para o meio capitalista! A arte tem que ser pura expressão que leva à tipo levantamento de questões, é um meio intelectual e não mercantilista!!Eu não imaginei que você ficaria igual à Julia! nossa... se decepção matasse...


De: Luis Di Vasca
Enviada em:  sexta-feira, 11 de dezembro de 2009 09:56
Para: Paula Raffero
Assunto:  RE: RE: RE: Festinha
Oi Paula, tudo bem?
É quase aos prantos que eu respondo esse e-mail. Realmente, concordo com você, estou prostituindo todo o meu talento que deveria servir tão somente ao tipo levantamento de questões para o enriquecimento do intelecto humano e não submeter-me aos interesses capitalistas visando o mesquinho enriquecimento pessoal. Eu tento mudar, acabo me punindo de uma forma ou outra mas não estou conseguindo progresso, mesmo conhecendo outro exemplo. Ontem mesmo um colecionador bateu à minha porta, tentando me dar um Portinari, eu tive que recusar porque eu não tenho mais espaço, podia colocar no lugar daquele Mondrian que não quis porque ainda não terminou de levantar as questões que preciso. Pensei em colocar no lugar daquele Picasso ou Kandinsky que estão no banheiro, mas eu desenvolvi um estranho apego pessoal com estes, ele disse que ofereceria para outra pessoa. Perguntei se ele queria aquele Van Gogh que está mofando no guarda roupa há meses e ele desconversou e saiu rapidinho. Acho que quanto ao Van Gogh essa pura expressão pra ele já foi passada. Vou tentar de agora em diante seguir o exemplo de Michelângelo que recusou veementemente quaisquer formas de pagamento para a pintura da capela sistina e fazer minha Arte unicamente para mero vilsumbre e levantamento de questões relevantes. Apenas não conto com um pai provedor disposto a arcar com as questões menores e mundanas por mim, como sustentar o aluguel de um apartamento na avenida Paulista, por exemplo.
Atenciosamente,
Di Vasca

De: Paula Raffero
Enviada em:  sexta-feira, 11 de dezembro de 2009 17:24
Para: Luis Di Vasca
Assunto:  RE: RE: RE: RE: Festinha
Você não mudou nada mesmo né, essa sua ironiazinha não vinga. Você bem entendeu o que eu quis dizer com o que se pretende a Arte, e se você quiser continuar achando que você está contribuindo para o enriquecimento da humanidade desenhando uma capa de revista ou um personagem qualquer segurando uma cerveja x olhando para um decote y o problema é seu. Só tenho a lamentar. E se quer dizer que eu tenho essa opinião porque meu pai paga o apartamento eu digo que tem que se informar antes de escrever bobagens, qualquer um poderia estar nessa posição e morando exatamente nesse local, inclusive você, independente dos laços familiares. O que se faz com o trabalho é que se conta

De: Luis Di Vasca
Enviada em:  sexta-feira, 11 de dezembro de 2009 17:38
Para: Paula Raffero
Assunto:  RE: RE: RE: RE: RE: Festinha
Nossa, Paula. Quanta gentileza! está dizendo que eu posso morar aí com você? Claro que vou, com certeza, eu e minha esposa vamos para a festinha e já vamos preparados levando nosso colchão e escovas de dentes! Estou muito feliz com o convite! finalmente vou poder parar de trabalhar, aguentar clientes chatos e chefes que não entendem do processo de trabalho! Vou viver como sempre quis, Produzindo a Arte que eu julgo adequada enquanto seu pai se encarrega da parte tediante e burocrática de nos prover. Nunca na vida estive tão animado. Não vejo a hora!

De: Paula Raffero
Enviada em:  sexta-feira, 11 de dezembro de 2009 20:26
Para: Luis Di Vasca
Assunto:  RE: RE: RE: RE: RE: RE: Festinha
Ah cara, não convidei você pra morar aqui e já nem quero mais que venha pra porra da festa

Enviada em:  sexta-feira, 11 de dezembro de 2009 20:48
Para: Paula Raffero
Assunto:  RE: RE: RE: RE: RE: RE: RE: Festinha
Desconvidou... Coisa feia, e agora? já dei meu Mondrian pro Horácio na certeza de teu convite.... o que eu faço? espero ele terminar de absorver aos tipo levantamento de questões e peço de volta?



Esta "interessante" pessoa entra em contato comigo novamente por volta de um ano depois pedindo um Freela de graça, acreditem ou não. Será postado na terça que vem (02/08) 

39 comentários:

  1. Claro que ela quer de graça, é pela arte e por amor, não quer que você se prostitua HAHHAHAAHH

    ResponderExcluir
  2. Como existe gente mimada e sem noção nesse mundo...
    To cascando o bico aqui desde ontem.

    ResponderExcluir
  3. Tem gente que simplesmente vive em outra realidade... a realidade bancada pelos papais.

    ResponderExcluir
  4. Genial!
    A garota que tem"paitrocinio" sabe mesmo o valor da arte.

    ResponderExcluir
  5. Nossa, como tem gente escrota no mundo!

    Menininha burra, não sabe separar as coisas! A arte em si mesma é muito bonita, mas a menos que o papaizinho dela esteja disposto a te bancar, o que ela tem com a sua vida?

    Você é um santo, Di Vasca. Eu no seu lugar já tinha dado tapa na cara ou entrado com uma metralhadora dentro de um cinema. :D

    Aguardo ansiosamente o post da cara-de-pau na semana que vem!

    ResponderExcluir
  6. Eu achei coerente da parte dela. Ela não quer prostituir a tua arte com dinheiro.

    ResponderExcluir
  7. Estou torcendo para que você tenha emails para mais de um ano para postar aqui. Sensacional!

    ResponderExcluir
  8. ENCREVEU! Desenvolvi raiva por essa pessoa conforme ia lendo os textos

    ResponderExcluir
  9. Comunista já é ruim como um conceito. Comunistazinha de botique então...

    ResponderExcluir
  10. Ela devia era parar de prostituir o ouvido (olhos, no caso) alheio com esse besteirol pseudo-revolucionário

    ResponderExcluir
  11. "Esta "interessante" pessoa entra em contato comigo novamente por volta de um ano depois pedindo um Freela de graça, acreditem ou não. Será postado na terça que vem (02/08)". Putz, a irônia. Esperando...

    ResponderExcluir
  12. "Aqui quem fala é o Lucas Silva e Silva, diretamente do muuundo da lua!"

    Ou do mundo dos paitrocinados.

    ResponderExcluir
  13. Posso ir morar com vocês na Paulista também?

    ResponderExcluir
  14. Que mina tosca, inacreditável, Di Vasca. prostituindo a Arte ?
    Tá, vamos desenhar de graça agora !!!!

    go-dark.deviantart.com/gallery

    ResponderExcluir
  15. Me senti conversando com certos colegas de faculdade, incrível, nenhum deles precisa trabalhar pra viver. Não acho que a arte não deva ser livre, no entanto, garantir nossas condições de sobrevivência é pré-requisito inclusive pra fazer arte. Cada uma que temos que ouvir...

    ResponderExcluir
  16. garotinha mimada num momento meio nietzsche...
    facil viver de arte qndo tem qm te banque...

    ResponderExcluir
  17. Você está cercado de gente bacana hein!

    ResponderExcluir
  18. nossa, é quase um milagre vc não ter virado um maníaco psicopata.... eu já teria virado no segundo e-mail...

    ResponderExcluir
  19. No fundo a culpa é sua Di Vasca. Você devia arrumar um emprego ao invés de ficar "mexendo" com arte. Eu, por exemplo, sou músico mas, resolvi "trabalhar" porque não é justo eu querer que as pessoas me paguem para tocar, compor, reger etc... afinal isso tudo é arte, não se pode cobrar. É senso comum. Quantas vezes já passei pelo seguinte diálogo:
    - Você faz o que?
    - Sou músico. Dou aulas particulares, aulas em escola pública, toco numa banda, rejo um coral, escrevo arranjos/partituras... por aí.
    - Nossa! Que lindo! Amo música! Admiro muito o que você faz, mas... você trabalha com o que?!

    ResponderExcluir
  20. Acabei de conhecer seu blogue por indicação de amigos e estou rachando o bico!

    ResponderExcluir
  21. Quero um pai que pague meu aluguel em um apartamento na Av. Paulista enquanto eu me dedico a refletir sobre as questões que realmente importam.

    ResponderExcluir
  22. Cara to rindo até agora... só arte que não é profissão no ensino superior... rs

    ResponderExcluir
  23. essa menina falando assim parece até o Lula: com apartamento bancado por empresário, cheio de aposentadorias nas costas, ganhando uma nota pra fazer palestra...

    e chama os outros de "burguês".

    comunista é mesmo uma merda.

    ResponderExcluir
  24. Ri muito com estes diálogos, parabéns!!
    Mas vou falar... a maior parte do pessoal que eu tenho conhecido ultimamente, ilustradores e quadrinhistas, pensam igual a esta moça! Principalmente os que teem menos de 35 anos!

    ResponderExcluir
  25. Que falta de levar uns tapas na cara...

    Esquerdista é tudo uma merda mesmo... Esse papinho marxista-revolucionário é desculpa para justificar a incompetência.

    Tem mais é que tomar borrachada, gás pimenta e bala de borracha da PM, isso sim.

    Dá-lhe Di Vasca!

    ResponderExcluir
  26. Kara, q mulher loka mermaum... infelismente a maioria das pessoas aki em nosso evoluido país pensam como essa imbecil sobre os artistas... arte é algo q tem q ser valorizada e muito bem paga!!!

    ResponderExcluir
  27. Avisem a mocinha que o computador dela foi feito por trabalho semi-escravo chinês, e quem sabe ela no auge de sua revolta adolescente pare de usar computadores e não mande esses e-mails infelizes...

    Um ilustrador é um trabalhador como qualquer outro, e como todo trabalhador, tem que receber o que é justo pelo que produziu. Tanto os que odeiam comunistas como os que são concordam com isso...

    ResponderExcluir
  28. Di Vasca parabéns pelo blog, e pela paciência de tentar fazer algo com essa caralhada de besterias que diariamente te aflingem. Agora quanto aos comentário, por favor vão estudar sociologia, não melhor terminem o ensino médio. Porque achar que uma pessoas é pseudo-revolucionária, lulista, comunista, marxista, ou etc,somente porque a pessoa tem um pensamento babaca, embasado em absolutamente nenhum viés sociológico é tão imbecil quanto dizer que ''A arte tem que ser pura expressão que leva à tipo levantamento de questões, é um meio intelectual e não mercantilista!!''. E aproveitando este espaço, Di Vasca, no seu dia-a-dia as pessoas fazem pouco caso do seu trabalho, mas não criam para si próprias a ilusão de que podem fazer o que você faz por conta própria. Agora foda é viver em um Brasil da inclusão digital e da ignorância viral, onde todos se acham sociólogos, filósofos, poetas, cientistas políticos, expert futebolístico, e os mais arrogantes se julgam seres humanos.

    ResponderExcluir
  29. Meus amigos... tanta besteira. Nos conteúdos do autor e comentários deste blog. Contudo, estou a gostar de seguir, para tomar pulso sobre o que leva as pessoas a serem reaccionárias e imbecilmente impulsivas e irracionais quando se sentem feridas. Arte - tem objectivo próprio, fazer dinheiro com arte poderá não a prejudicar, mas é uma processualidade perigosa para a arte e para o ser humano no geral. Ganhar dinheiro, comer, satisfazer necessidades humanas - sejamos comunistas, não sejamos capitalistas, não fiquemos comprometidos intelectualmente com o capitalismo. Sou incapaz de condenar o principio da senhora. Uma vez apontei a mesma critica a uma colega pintora.. ficou furiosa por eu achar q a arte dela n devia ser p fazer dinheiro.. pensei: que reacção tão infantil.. não estava à espera daquilo no momento.. as pessoas reagem como feras, as pessoas já não conseguem pensar fora da logica do capitalismo. Essas pessoas parecem-me mt limitadas p fazer arte, se partem desse presuposto. Comer deveria ser diferente de trabalhar. É infantil alguem sentir-se ofendido por lhe apontarem este argumento. Essa senhora é rica... eu sou pobre, mas aponto o mesmo argumento aos artistas que conheço... ai fico a saber q os artistas mtas vezes são umas bestas

    ResponderExcluir
  30. Estas pessoas, as ofendidas, é triste dize-lo.. pois podem até ser pobres, mas elas são as verdadeiras snobes. Isso é uma grande grande tristeza, a sério gente!

    ResponderExcluir
  31. NOSSA!!!!!!!!!!!!!!!!!e ainda por cima foi tua colega de faculdade? to achando ela meio burrinha!

    ResponderExcluir
  32. cara de pau, encontramos em cada esquina. Para acabar com isso, é necessário atropelar.

    ResponderExcluir
  33. Eu entendo ( muito bem por sinal ) esse lance ideologico sobre arte e etc,aliás ,até concordo..mas infelizmente estamos presos,e se não demos um jeito de ganhar uns trocos,morremos de fome..eu adoraria fazer arte,do meu jeito,sem aturar chefe,colocando pra fora minhas idéias e sentimentos,nesse ponto concordo com ela,mas eu preciso comer,acho muito hipócrita a pessoa dar uma de esquerda,sendo bancada por um ( papai ) de direita ...hipocrisia não ?! um apartamento na Paulista não é baratinho... ou vc veste a sua ideologia ,ou não veste( tipo larga tudo e vira andarilho,que mesmo assim vc não vai estar fora da sociedade,vender bijuterias e tal,tbm é capitalismo ou são de graça ? ),hipocrisia não rola,é mais feio pra ela..

    ResponderExcluir
  34. Essa troca de e-mails deveria estar na enciclopédia para exemplificar o conceito de sem-noção.

    ResponderExcluir
  35. Analisando as entrelinhas deste diálogo... sei não, Di Vasca, acho que você teve um rolo com essa "Paula" na faculdade.

    Hahahahahahahahahahahahahahaha!!!

    ResponderExcluir
  36. Como diria o Batimá:
    "É muito simples comissário, a arte é uma Puta Paga!"

    ResponderExcluir
  37. o que ela quis dizer com isso é: pinte uns quadrinhos, faça umas artes modernas que ninguém sabe o que é, monte umas exposições e reze pra alguém comprar. Acho que ela queria que o Di Vasca ficasse só na arte erudita, que é diferente da arte popular e arte publicitária, tem gente que consegue muita grana com isso, mas é uma área muito arriscada e com um mercado meio abarrotado.

    ResponderExcluir