sexta-feira, 15 de julho de 2011

Uma perspectiva histórica

4 comentários:

  1. HUAHUAHUAHUA Morri de rir lendo seus posts, Di Vasca... acho que você expressa o que muitos ilustradores profissionais (como eu), gostariam de dizer e não têm coragem... ou cara-de-pau suficiente!!!! XD

    ResponderExcluir
  2. eu não sou pintor, ou desenhista, e não tiro onda de sabedor de pintura. Gosto de alguns quadros, mas muito poucos, tenho dificuldades de "entender" ou "apreciar" vários quadros, por mais famosos que sejam.

    Mas alguns me chamam à atenção, e mesmo que eu não ache "bonito", entendo porque são interessantes (Dali, por exemplo.)

    Mas eu nunca, NUNCA entendi o que diabos a mona lisa tem de tão especial. Ouço falar de "perfeição", de "equilíbrio", de "mistério", mas infelizmente nunca vi mais do que uma moça meio olhando de lado.

    Poderiam os senhores, conhecedores, produtores e /ou apreciadores de arte me dar uma luzinha prá ver se eu pelo menos começo a entender por que cargas d'água esse quadro é tão reverenciado?

    Não quis ofender ninguém com a minha ignorância no assunto, e a pergunta é legítima.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aeee, boa tarde, blz?

      Primeiramente pesquise no google sobre "o que é proporção áurea" e entenda bem o que é isso!

      Em seguida pesquise no google "proporção áurea monalisa" ou qualquer outra obra de Leonardo Da Vinci e vc entenderá o porque Monalisa e as outras obras de Da Vinci é tão "reverenciada" pelos artistas!

      Vlw!
      Daniel Oliveira

      Excluir
  3. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir